Domingo, 24 de Outubro de 2021

Cadastre seu evento

RJ – Unidos de Lucas lança a sinopse de seu enredo para o carnaval de 2022

12 de outubro de 2021

Carnaval 2022

Por Sidnei Louro Jorge Júnior

Para seu próximo desfile na Intendente Magalhães a Unidos de Lucas vai apresentar o enredo “FESTEJANDO! EU MANDO A TRISTEZA EMBORA. A UNIDOS DE LUCAS É SÓ ALEGRIA” dos carnavalescos Fran Sérgio e Walter Guilherme.

Unidos de Lucas – Logo Carnaval 2022

INTRODUÇÃO

Emanados pela fé em nosso padroeiro, o G.R.E.S. UNIDOS DE LUCAS guerreiro que é, vai acabar com a tristeza para Festejar na Avenida uma Nova Era. São Sebastião abençoe o povo brasileiro em especial o cidadão carioca que muito sofreu com a pandemia e em seus braços depositou a FÉ de um futuro melhor. Nossa Senhora nos navegue pelo mar da bonança onde a esperança acalanta nossa dor. São Jorge Guerreiro proteja nossa vida com o escudo da FÉ, para o vírus nosso corpo não alcançar.

SINOPSE

Depois de tanto esperar, o Carnaval finalmente chegou, trazendo o recomeço de uma Nova Era, a tão sonhada Era de Aquarius, trazendo consigo a capacidade de inovar e renovar as energias. Para festejar e mandar a tristeza embora a Unidos de Lucas é pura alegria. Com a benção de São Sebastião, nosso padroeiro e fé no Divino Espirito Santo, reforçamos o respeito as nossas mães baianas o orgulho da Leopoldina.

Como na anunciação do Menino Jesus, a Folia de Reis retrata a jornada dos Reis Magos para anunciar que o melhor está por vir, pois, no mar da imaginação Nossa Senhora dos Navegantes nos guiará no caminho certo para encontrarmos o sucesso. A fé não pode faltar, a Procissão do Bonfim faz meu corpo arrepiar, mas a comemoração só vai ficar completa, com a “água” de São Jorge brindando o novo amanhecer. Assim como o ser Divino iluminou as pessoas da Cidade de Deus para criar a CUFA – Central Única das Favelas, que promove atividades nas áreas da educação, lazer, esportes, cultura e cidadania, servindo como ferramentas de integração e inclusão social.

Agora, se você é trabalhador e pega o trem lotado, se liga nessa história que vou contar, pois, você é mais um Silva e sua estrela hoje vai brilhar. Porque nós só queremos ser felizes, cantando nosso samba tranquilamente na cidade onde nós nascemos.

Respeitar a luta é pelo direito de amar. LGBTQIA+ não é só uma sigla, por trás dela
existe uma história, um ser humano digno, que luta pela diversidade e quer evidenciar uma consciência coletiva em prol da liberdade de expressão da sua opção sexual. Celebre as diferenças. Amor não é doença, é a cura para os problemas do dia a dia.

As Festas Populares farão parte do nosso carnaval. Até a Catirina esqueceu a língua do boi. Seu desejo agora é desfilar na Unidos de Lucas para comemorar. Juntando-se a Catirina, as quadrilhas juninas de origem nos bailes franceses que eram dançadas nos salões da alta aristocracia na cidade de Paris, na França, se torna popular no Brasil.

Em 1840, a elite carioca inspirada no carnaval europeu começou a realizar bailes de carnaval. O povão impedido de participar dos bailes levou para as ruas da cidade, uma manifestação popular oriunda de Portugal, o Entrudo, onde pessoas fantasiadas dançavam e jogavam limões de cheiro, farinha ou água uns nos outros.

Não satisfeita à elite carioca começou a desfilar com suas roupas de luxo em carruagens abertas pelas ruas onde aconteciam as festas populares. Esse encontro de distintos grupos contribuiu para uma espécie de fusão. Com isso, a folia burguesa incorporou elementos da festa popular.

Os Clóvis ou bate-bola, verdadeiro representante da manifestação popular, foram declarados pela Prefeitura em 2012, Patrimônio Cultural Carioca de Natureza Imaterial.

Hoje, os bate-bolas não se limitam a apenas fazer barulho. Organizam-se em grupos e turmas que passam quase o ano inteiro preparando fantasias e seguindo um cronograma do seu desfile de carnaval. Os grupos de Bate-Bola atraem a atenção nos desfiles das Escolas de Samba e nos desfiles de blocos de rua.

O carnaval de rua nunca vai deixar de existir. No último ano por motivo alheio a nossa vontade, as ruas ficaram vazias e o carnaval carioca ficou mais triste. Mas o Carnaval de 2022 vai ser diferente, a força da população carioca será fundamental. O carioca está ansioso para ir para ruas e comemorar com batalhas de confete e outras brincadeiras mais.

Os carnavais pelo Brasil ficaram impossibilitados com a pandemia, mas, as manifestações populares tiveram um papel fundamental na sobrevivência da cultura popular. A vida se renova e as pessoas podem voltar a sonhar, para tornar os sonhos em realidade. A vontade de se preparar tem que ser maior do que a vontade de vencer. Vencer será consequência da boa preparação. (Bernadinho).

Walter Guilherme

Fran Sérgio

SETORIZAÇÃO

SETOR – RELIGIOSO

O AUTO DE SÃO SEBASTIÃO – SANTO PROTETOR CONTRA AS PANDEMIAS

FESTA DO DIVINO

GALO DE OURO O ORGULHO DA LEOPOLDINA

ANDOR – UNIDOS POR SÃO SEBASTIÃO

FOLIA DE REIS

FESTA DA NOSSA SENHORA DOS NAVEGANTES E IEMANJÁ

LAVAGEM DO BONFIM

FESTA DE SÃO JORGE

SETOR – FESTAS POPULARES

OKTOBERFEST

FESTA DE RUA CUFA – GRAFITEIROS

FUNK

ORGULHO LGBTQIA+

BOI BUMBÁ

QUADRILHA JUNINA

SETOR – CARNAVAIS PELO BRASIL

FESTA POPULAR BAHIA – OLODUM

FREVO – O FERVOR DE PERNAMBUCO

BLOCOS CARNAVALESCOS DO RIO

ESCOLAS DE SAMBA

CARNAVAL – MAIOR FESTA POPULAR DO BRASIL

Por Sidnei Louro Jorge Júnior

Relacionados

© Copyright 2010-2020 - Carnaval N1

Bastidores, notícias, entrevistas, sorteios, vídeos, fotos sobre o carnaval do Brasil e do mundo.

Desenvolvido por: